sábado, 14 de junho de 2014

Krrish 3

Não sabia muito o que esperar do filme, já que o anterior meio que fechou um arco, mesmo deixando espaço pra mais história. Novamente, há referências a Superman, mesmo que não diretamente, mas isso não desfaz o mérito do filme.

Tem uma boa história e é mais dinâmico que o anterior, além de seguir um estilo padrão do início ao fim. E dessa vez parece mesmo um filme de super-herói.

Agora finalmente Krrish tá famoso e começa a juntar amigos pela Índia, os cidadãos. Quem faz o bem ganha uma pulseira com o símbolo dele. Só que surge alguém muito mais forte que ele.

Buscando uma brecha na história, o filme não volta atrás do que deixou passar no anterior e cria uma nova com ligações passadas. De início parece que irá cair na maldição dos terceiros filmes, mas não, ele consegue até superar o anterior.

Apesar de umas forçações e erros mais fortes que o anterior, são poucas, e ainda assim a qualidade do filme aumenta, e os efeitos especiais estão melhores. Krrish está mais forte, mas os vilões estão ainda mais, e tb mais espertos. Aqui temos mutantes, o que foi algo inesperado pra mim.

Vale dizer que o filme pega mais pesado na história. O anterior se segurava, tentava mostrar algo mais heroico e romântico. Esse novo até tem isso, mas por exemplo: se o personagem tem que morrer, ele vai morrer. Logo nos primeiros minutos Krrish tá vivendo sua ascensão como herói ao mesmo tempo que as maiores dificuldades aparecem. Tem uma cena que várias pessoas estão morrendo e ele decide salvar uma garota que veio pedir ajuda dentre várias pessoas. A garota morre em seus braços.

Como o filme ainda fica naquela de tentar encerrar os momentos bem, por mais mal que ocorra, acontece algumas coisas meio duvidosas, mas dá pra deixar passar comparado a todo o filme e seus propósitos futuros.

E poxa, o visual do herói é maneiro, mas pq o vilão principal parece um cospobre do Robocop com Magneto? Podiam ter melhorado. Até tem sentido o uniforme, o legal é isso, o filme busca um sentido pra tudo, mas ainda assim ficou tosco demais. Mas enfim.

Que venha Krrish 4!

Nota 8/10

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SOBRE MIM

Minha foto
Formado em jornalismo e futuro escritor de livros. Criei um blog em 2008 por curiosidade para reunir o que achava de melhor na internet. Em 2010 criei outro blog para críticas de filmes e afins. Buscando apresentar uma identidade mais pessoal, em 2014 reformulei ambos. Hoje servem mais como meios de divulgação para matérias que publico em outros sites.