domingo, 14 de junho de 2015

[RASCUNHO] Lanterna Verde - A Ascensão da Terceira Armada + A Ira do Primeiro Lanterna (Novos 52)

~Publicado originalmente em redes sociais~


Lanterna Verde - A Ascensão da Terceira Armada + A Ira do Primeiro Lanterna [Novos 52]

O fim de quase uma década de história. Apesar dos Novos 52 ser um reinício, Lanterna Verde continuou com a "mitologia" criada antes de tudo isso. Lá em Renascimento, passando por Guerra dos Anéis, onde descobrimos mais cores de lanternas, Noite Mais Densa, onde fomos apresentados a mais cores ainda, Dia Mais Claro... até chegar em A Ira do Primeiro Lanterna.

A Ascensão da Terceira Armada fez parte do plano dos guardiões azuis de acabarem com tudo o que conhecemos, recomeçando a vida do universo de acordo com suas vontades, para isso se utilizando da Terceira Armada, seres que devoram o dna de outros seres e os transformam em semelhantes, pensando como um só. Entretanto, o arco serviu mais pra interligar os títulos das hqs, já que as hqs não mostravam apenas nos lanternas enfrentando a Terceira Armada, embora fosse o foco. Enquanto isso, tínhamos uma preparação pro Primeiro Lanterna.

Então finalmente vem o arco A Ira do Primeiro Lanterna, com um mega encerramento que não se via desde Noite Mais Densa. Temos novamente todas as 9 lanternas reunidas para enfrentar o Primeiro Lanterna, um ser extremamente poderoso. Mas antes disso, acompanhamos diversas edições onde o Primeiro Lanterna mexe com o tecido da realidade, mostrando o passado dos personagens e como poderia ter sido. Soa como diversas histórias interligadas enquanto uma maior acontece reunindo todas. É tudo tão grandioso que a última edição tem o triplo de páginas que de costume, trazendo um final para tudo o que foi criado até ali. Tudo bem que posteriormente há epílogos dizendo "nunca é o fim", afinal, as hqs continuam, mas A Ira do Primeiro Lanterna marca o fim de uma era duradoura. E assim a vida continua.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SOBRE MIM

Minha foto
Formado em jornalismo e futuro escritor de livros. Criei um blog em 2008 por curiosidade para reunir o que achava de melhor na internet. Em 2010 criei outro blog para críticas de filmes e afins. Buscando apresentar uma identidade mais pessoal, em 2014 reformulei ambos. Hoje servem mais como meios de divulgação para matérias que publico em outros sites.