sábado, 27 de junho de 2015

The Flu (2013)

~Publicado originalmente em redes sociais~

The Flu (2013)


Mais um excelente thriller do cinema coreano e um dos melhores sobre epidemia que já vi. Drama e tragédia se unem e ainda dão um pouco de espaço pra ação e um toque de política. Roteiro bem escrito, trilha sonora empolgante e personagens atrativos. A diversidade e troca de personagens é outro ponto positivo. Todos ali possuem seu momento, seja um dos principais, um dos secundários, ou até mesmo aquele aleatório que mais parece figurante. Há toda uma ligação.

A trama mostra uma grave epidemia que se espalha numa parte da Coreia do Sul. A transmissão se dá pelo ar, basta absorver  uma simples gotícula da tosse de um portador. O resultado é uma tosse ininterrupta, febre e, ao fim, o portador cospe sangue e morre. Em meio ao caos, o governo coreano e americano se unem pra conter esse vírus a qualquer custo, mesmo que pra isso tenham que usar formas nada "corretas".

Há diversos personagens durante a trama. Temos como principais um bombeiro que salva uma mulher de um acidente quando seu carro cai num buraco (e ele acaba se apaixonando por ela). A mulher, por sua vez, é uma das médicas que está em busca da cura e tem uma filha, que também é importante pra trama. Tem o portador sobrevivente, um imigrante ilegal; os irmãos que ficaram a cargo de buscar esse imigrante; o oficial do exército que se aproveita de seu cargo como bem entender; os políticos coreanos; alguns americanos (como um médico e outro a serviço do governo dos EUA); entre vários outros.

Um ponto importante pra citar é como o americano é retratado: Guerra é a solução, matar pessoas é o único modo, eliminar um problema que possui solução em vez de solucionar é o caminho correto a se seguir. Daí vemos que alguns coreanos não são tão diferentes assim, apoiando esse ideal, mas também vemos que outros rejeitam (assim como existem americanos que rejeitam, mas no filme não é mostrado).

Acabamos acompanhando diversos arcos que acabam se encontrando em algum momento, seja do bombeiro e da médica e sua filha, dos políticos e médicos, dos irmãos e do portador sobrevivente, entre outros.

Nota 10

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SOBRE MIM

Minha foto
Em 2008 criei um blog por experiência. Queria saber como era um blog. Inicialmente era apenas para reunir o que eu achava de legal pela internet. Dois anos depois, em 2010, criei meu blog com críticas de filmes, já que, embora eu não seja experiente nesse ramo, gosto de ver filmes, de entendê-los e tal. Em 2014 vieram as mudanças. O blog que reunia o melhor da internet virou um blog de matérias e histórias que eu mesmo escrevo. O blog que continha críticas de filmes, séries, curtas, shows, etc, agora são apenas filmes e séries devido a enorme demanda de conteúdo. Os modos de escrita também estão mudando para melhor. Fiquem ligados para novidades.