domingo, 14 de maio de 2017

Making a Murderer - 1ª temporada (série)

~Publicado originalmente em redes sociais.

Através dos episódios são mostradas as cenas dos julgamentos, das interrogações policiais, da mídia jornalística (tanto bastidores quanto as matérias que foram ao ar), depoimentos dos familiares e outras gravações diversas.

O documentário se foca em mostrar materiais que tentem inocentar Avery, até porque o foco é em Avery, sua família e seus advogados de defesa. O outro lado não gostou nem um pouco disso. Soube que muitas informações não foram apresentadas, mas todo o contexto, toda a trama principal, está nos episódios.

Os primeiros episódios mostram os 18 anos em que Avery ficou preso mesmo sendo inocente. Já começa surreal, com uma suposta conspiração por trás daquilo. Como se não já fosse o suficiente, depois, como numa reviravolta de filme, acontece um assassinato e Avery se torna o principal suspeito. Daí até o final acompanhamos todo o processo de julgamento para dizer se ele é culpado ou inocente, agora com risco de pegar prisão perpétua. Novamente a suposta conspiração vem a tona. Avery contra as autoridades, uma batalha difícil de vencer.

Não conhecia a história do cara e não procurei muito sobre ele antes de ver a série. O que sabia é que a série havia causado revolta na população, o que levou a criação de um abaixo-assinado em defesa de Avery. E realmente, o sentimento de revolta é o que reina aqui. Ao longo dos últimos episódios, essa sensação aumentou perante o rumo que toda a história chegou. São tantas reviravoltas que parece mesmo coisa de filme, mas é puramente a vida real.

Com base no que foi apresentado na série, meu veredito é que Avery é inocente e que existe sim uma conspiração por trás da história. Tentei avaliá-lo como culpado, mas tudo me levava a inocência dele. Já Brendon (para os desavisados, outro personagem da história) fiquei na dúvida até o fim, mas em último momento o considerei inocente. A série acabou, mas a vida continua e estou curioso para saber o rumo da história depois do suposto fim e o impacto da série nela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SOBRE MIM

Minha foto
Formado em jornalismo e futuro escritor de livros. Criei um blog em 2008 por curiosidade para reunir o que achava de melhor na internet. Em 2010 criei outro blog para críticas de filmes e afins. Buscando apresentar uma identidade mais pessoal, em 2014 reformulei ambos. Hoje servem mais como meios de divulgação para matérias que publico em outros sites.